quarta-feira, 25 de março de 2009

Tecidos de PET

Fui a Brusque-SC, na última sexta-feira à procura de tecidos ecológicos e para a minha felicidade maior, encontrei duas empresas que fabricam uma malha ecológica de composição 50% algodão e 50 % fibra de PET reciclado.

Utilizarei da malha ecológica para minha coleção de formatura deste meu último semestre, onde após o desfile colocarei as fotos aqui. Tenho o intuito de dissipar cada vez mais a idéia de uma moda ecológica, da utilização de tecidos que em sua confecção não agridam o meio ambiente e mesmo assim sejam roupas bonitas e confortáveis!!!

Abaixo coloco o link dos sites das empresas que conheci em minha viagem.

www.aradefe.com.br

www.lcmalhas.com.br

Acessem, conheçam e visitem... Vale a pena!

Beijos a todos e bom final de semana...

4 comentários:

Blog Ecológico disse...

Há 15 anos referência nacional e mundial em Eco-Têxteis, a Maxitex vêem caminhando na vanguarda da indústria têxtil produzindo fios, tecidos e malhas altamente qualificados para os mais diversos segmentos, como o de vestuários, confecções e calçados, com processos de produção totalmente limpos, sustentáveis, socialmente e ecologicamente corretos.
São tecidos oriundos das mais diversas fibras ecológicas, como a de abacaxi, algodão reciclado, bambu, côco, juta, lã, malva, milho, soja, proteína do leite... e Pet, que possuem como características comuns a sustentabilidade e a preservação do meio ambiente.

A Maxitex é pioneira na fabricação de tecidos feito com garrafas Pet, que são recolhidas, lavadas, esterilizadas, processadas em um sistema ecologicamente correto e extraídas as fibras, que são transformadas em fio, tecidos e malhas. Assim, com 25 garrafas Pet de 2 litros a Maxitex produz 1Kg de tecido, respeitando as cores originais das garrafas (Cru garrafa tipo Coca-Cola/ Pepsi-Cola e Verde tipo Guaraná) sem a adição de química ou água. Neste processo, a Maxitex já retirou das ruas, riachos e rios mais de 32 milhões de garrafas Pet*.

Da mesma forma, a Maxitex inovou ao criar o slogan "Roupa que vira Roupa" produzindo fios e tecidos a partir de algodão reciclado, comprando quebras de produção de malharias e transformando-os novamente em fibra, fio, tecido e roupas personalizadas. É o lixo virando moda. São peças únicas por serem feitas com uma variedade de tecidos, de diversas tonalidades de uma mesma cor.

Assim a Maxitex está mostrando que “Lixo vira luxo” e que a moda é aliada do desenvolvimento sustentável.

A Maxitex mostrará um mundo 100% ecológico e sustentável, com tecidos inovadores feitos com as mais diversas fibras naturais e ecológicas, e com um toque extremamente macio e confortável.

Maxitex é isto! É moda. É vanguarda. É responsabilidade social. Maxitex é a beleza das cores das fibras naturais e ecológicas, retratadas em uma coleção absolutamente transada, sem culpa de ser feliz.

Fathima Gommes disse...

olá! amei essa idéia de moda ecológica eu amo arte com reciclagem e faço arte. tenho um peuqeno projeto" A PET NOSSA DE CADA DIA" e com poesias e flores de pet vou fazendo a minha pequena parte .Recentemente fiz um vestido de noiva de sacolas plásticas , gostaria de postar a foto de alguns dos meus trabalhos para vc ver . abraços .

POR MIM...POR VC...

RECICLAR O LIXO É UM ATO DE AMOR AO PRÓXIMO

Fathima Gommes/

Myzynha disse...

Olá Fathima, Me envia por e-mail as fotos do seus trabalhos, vou ver e ti digo se vou postar no meu blog. No comentário não tem seus contatos. Espero que vc leia aki.

Atenciosamente,
Myzynha

Anônimo disse...

Seu blog é maravilhoso