segunda-feira, 4 de julho de 2011

A MODA DAS ROUPAS SUSTENTÁVEIS

Gente, já falamos tanto aqui sobre moda sustentável ou ecológica que, as vezes, chega a ficar repetitivo. Mas achei um post sobre moda ecológica que possui um dados interessantes, por isso achei legal trazer para vocês, segue abaixo:


Peças feitas com materiais alternativos ajudam a preservar a natureza


Mais do que economizar água e separar o lixo orgânico do reciclável, que tal vestir a camisa da sustentabilidade? Para diminuir o consumo e evitar a escassez dos recursos da natureza, estilistas, empresas e eventos de moda vêm dando cada vez mais espaço às roupas ecológicas em suas coleções. Feitas com materiais alternativos, como fibras de garrafa pet, algodão orgânico, bambu, sacola plástica e até guarda-chuva, as roupas sustentáveis também utilizam mão-de-obra digna e justa.
A indústria têxtil é uma das quatro que mais consomem recursos naturais, de acordo com dados do Environmental Protection Agency (EPA). Nesse cenário, a busca de matérias primas orgânicas, ou seja, cultivadas sem o uso de pesticidas ou inseticidas, ainda é o principal desafio do setor. A EPA estima que o uso de produtos químicos nas plantações do algodão convencional chega a ser oito vezes maior que no cultivo de alimentos, e abrange cerca de 30% da utilização de pesticidas na Terra, por exemplo. Segundo a empresária e consultora de moda sustentável, Keka Ribeiro, além de preservar o planeta, o uso deste tipo de recurso é a melhor opção para quem deseja ter um guarda-roupa ecológico.
"A roupa 100% algodão ainda é fundamental na nossa cultura, então por que não usar uma opção orgânica? Trata-se de uma fibra mais pura e confortável. Além disso, o cultivo de produtos orgânicos salva milhares de famílias ao redor do mundo, que seriam prejudicadas pelo uso de pesticidas em suas plantações e que passam a viver do "cultivo limpo", apoiadas por cooperativas e institutos de apoio", pontua a consultora.

ROUPAS PARA TODOS OS GOSTOS

Apesar de confeccionada com produtos alternativos, a moda verde pode oferecer roupas mais sofisticadas e opções variadas, como vestidos, sapatos e até acessórios. "Quando a marca ou o criador decide apresentar uma linha ecológica, as possibilidades de produtos são as mesmas das coleções industriais. Hoje em dia temos opções de moda sustentável que vão da roupa de festa à lingerie. Os acessórios também podem ser aproveitados e ampliam ainda mais as possibilidades para confecção. Como este tipo de peça não precisa ser lavada, é possível que ela seja produzida com jornal ou revista usados", lembra Keka Ribeiro.
De acordo com Keka, as roupas sustentáveis contribuem com o desenvolvimento econômico, com a saúde dos trabalhadores envolvidos no processo e, claro, com a natureza. "Esse produto é mais puro, prioriza o bem-estar do consumidor e tem a garantia de uma qualidade maior. A modelagem das peças é versátil e voltada para o conforto, com um toque agradável", enfatiza.
Apesar da moda ecológica estar se popularizando, algumas coleções sustentáveis ainda possuem preço bem acima das coleções normais. Outro dilema na hora da compra é a falta de informação sobre esse tipo de produto. No entanto, a especialista acredita que essa tendência tem tudo para mudar. "Quanto mais pessoas consumirem produtos sustentáveis, mais empresas desejarão produzi-los, causando uma redução automática dos preços", avalia.

CONSUMO CONSCIENTE

Apesar dos benefícios da moda sustentável, nem sempre as roupas feitas com fibras alternativas podem ser consideradas ecológicas. Segundo a consultora, é importante avaliar se o processo de produção implicou em derrubada de florestas ou exploração da mão-de-obra infantil, por exemplo.
"Precisamos sempre nos informar a respeito da seriedade e procedência de cada empresa, do compromisso que ela tem com a questão da sustentabilidade e não apenas com a "onda ecológica". Algumas roupas vêm acompanhadas de selos de certificação, que auxiliam na hora da compra. E acredito, sim, que tudo que hoje faz parte de um nicho específico será parte do nosso cotidiano, pois estamos no caminho da concretização de mundo sustentável. Quem sabe no futuro poderemos encontrar nas etiquetas das roupas a mesma quantidade de informações que achamos nos rótulos de alimentos?", vislumbra Keka.

2 comentários:

DaNi disse...

MI SUA LINDA amei o blog..

BJOS saudade

TopBrasil Moda Eco disse...

Oi Mi!
Adorei este post, vamos desenvolvendo um consumo consciente!
Nessa semana postamos no nosso blog um vídeo que contribui com o tema, "o que é o algodão orgânico", para quem quiser saber um pouco mais, é bastante interessante.
http://topbrasilmodaeco.com.br/blog/
um abraço